segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Júlio Verne, o visionário!

De todos os grandes autores de ficção científica, poucos foram mais precisos e acertaram tanto quanto o escritor francês Júlio Verne ou Jules Verne, seu nome original. Nascido em 1828, ele veio a falecer em 1905 com 77 anos.

Em suas obras, ele foi capaz de prever uma série de inventos, descobertas e tecnologias que só apareceriam de verdade até mais de um século depois. Vamos ver algumas delas:
Módulos Lunares
Júlio Verne foi capaz de prever as viagens à Lua. Em sua obra "Da Terra à Lua", os seus módulos eram lançados por um canhão que seria capaz de dar uma velocidade suficiente para vencer a gravidade. Uma ideia que inclusive foi tentada pela NASA para lançar satélites em órbita da Terra.

Noticiários pela TV
Em 1889, ele previu os noticiários das TVs, 30 anos antes das TVs e 80 anos antes dos noticiários regulares televisivos.
O pouso na água do módulo lunar
A volta do módulo lunar pousando no mar foi algo também previsto por Júlio Verne, tal qual aconteceu com os módulos idealizados pela NASA.
Submarinos Elétricos
Em uma de suas obras mais famosas, "20000 léguas submarinas", o submarino Nautilus era movido à eletricidade, algo inimaginável na época, já que os veículos mais modernos da época eram movidos a vapor e o submarino não existia.
Taser
Em "20000 léguas submarinas" ele também descreve uma arma que lança projéteis carregados com eletricidade estática, que teriam um funcionamento muito parecido com os "tasers" atuais, capazes de paralizar um homem com suas descargas elétricas.
Velas Solares
Quase 150 anos depois de serem descritas por Júlio Verne em "Da Terra à Lua", as velas solares estão sendo projetadas pela NASA como uma forma de captar energia dos ventos solares. Essa tecnologia é vista hoje como uma das alternativas para as viagens interplanetárias.
Escrita no Céu com fumaça
Lembre-se que o avião só foi inventado por Santos Dumont em 1906! Pois foi em 1889 que ele imaginou que aviões seriam capazes de escrever propagandas nos céus de modo que "populações inteiras poderiam ver"!






Videoconferência
Tal como nessa foto usada para conectar famílias distantes da Coréia, ele imaginou o "fonotelefoto" no artigo "No ano de 2889". Ele errou a época e os detalhes de como o aparelho funcionava, mas certamente foi capaz de pensar algo que só surgiria mais de um século depois de sua época.







Agora, como será que ele conseguiu tanto sucesso nessas previsões? Mágica? Sorte? Longe disso! Júlio Verne era extremamente "antenado" no desenvolvimento da Ciência e estava sempre muito atualizado com tudo o que estava sendo pesquisado, com as tendências da Ciência e com as novas descobertas. Isso, unido à sua incrível imaginação e seu talento como escritor desenvolvidos no contato que teve com o teatro e a literatura, fez com que ele fosse um dos escritores mais populares de sua época e, ao mesmo tempo, uma das pessoas mais talentosas qua o mundo da ficção científica já conheceu! Mais de 100 anos após sua morte, suas obras continuam a fascinar muitas pessoas, sejam na forma dos seus livros originais, sejam na forma de filmes baseados nessas histórias.

8 comentários:

  1. Caro Fernando Tsukumo, vc me daria autorização para colocar este seu texto relacionado com J. Verne no meu blog dedicado ao escritor. Obviamente colocarei todos os devidos créditos. Cumps

    ResponderExcluir
  2. Psor, quantas leguas submarinas se pode viajar hoje en dia?
    n foi julio ver me q escreveu viagem ao centro da terra? e se foi, sera que um dia isso vei ser verdade?

    ResponderExcluir
  3. n foi ele tambem q escreveu a viagem ao centro da terra?

    ResponderExcluir
  4. quer dizer, volta ao mundo em 80 dias(que hoje se pode fazer em uns 2 dias)

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Conheça o blog Casa de Curioso, que traz dicas e textos sobre educação, ciência, tecnologia e artes.
    Aguardamos sua visita!
    Abraços
    Casa de Curioso
    http://blogdecurioso.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Olá Frederico, por favor fique à vontade, o conhecimento é livre!

    ResponderExcluir
  7. Renan, a maior profundidae que o homem conseguiu atingir foi em um submarino especialmente criado pelos italianos pra isso, chamado trieste, em 1960 e eles chegaram a 10.911 metros de profundidade. Imagina a pressão por lá!

    E sim, foi ele quem escreveu todos esses livros!

    ResponderExcluir
  8. Excelente matéria! fiquei fascinado com isso.... achei um vídeo sobre as previsões dele tb.. http://www.youtube.com/watch?v=5N6OHs_Nyn4&list=PLexwWhECXMOa8AUxj3jU-I9ERKcvEM4NL

    Pode complementar o texto, parabéns!!!

    ResponderExcluir